sábado, 17 de setembro de 2011

CABINE DE ESCOLHAS




Não sei quanto a você, mas em minha infância eu adorava ver o jogo da cabine que passava em alguns programas de Televisão.
O jogo constituía-se basicamente de uma pessoa com um fone de ouvido, em uma cabine fechada, a qual tinha por objetivo manter o jogador em completo isolamento.
O apresentador habilidoso fitava a atenção do publico ao oferecer prêmios ao participante. Estes prêmios poderiam ser desde a mobília completa de sua casa, um guarda roupa novo lotado das ultimas tendências da moda, todos os brinquedos de ultima geração, um carro zero KM, até um maracujá de gaveta, ou espanador de pó, uma escova de dente usada.

Tudo o que o participante deveria fazer seria dizer um “SIM” ou um “NÃO” bem alto, assim que enorme luz vermelha da cabine acendesse.

O apresentador fazia a oferta do tipo “Você troca toda a sua casa mobiliada, com um carro zero KM na garagem por este abacaxi azedo?”
Então a luz vermelha acendia, e o participante, sem saber do que se tratava a proposta gritava em alto e bom som “SIM”.
A platéia ia ao delírio, e o jogo continuava até a ultima troca.

O fato era que, não importava o quanto a platéia gritasse, os espectadores tentassem impedir, ou os familiares torcessem, no final do jogo somente a escolha do jogador poderia interferir em sua recompensa.

Ao percorrer as páginas bíblicas encontrei alguém que, se sua história não tivesse sido detalhadamente descrita, poderia ser um jogador da cabine de escolhas.

Seu nome era Salomão.
Filho de Davi, detentor de uma riqueza nunca antes descoberta ou comparada por outra pessoa de sua época, dono da maior sabedoria já concedida por Deus a alguém.

Homem justo, Rei soberano sobre muitos povos, comandava um exercito invejável por qualquer oponente, com uma fama que fazia com que seus inimigos temessem e tremessem diante de seu nome.
Alguém a quem Deus concedeu prosperidade.

Além disso, Salomão também era homem temente a Deus. Ao Senhor mandou construir um templo cuja beleza, creio eu, nunca foi vista em outra obra.

Não havia ninguém capaz de entregar a Salomão um caso qual não pudesse julgar.

Certa vez a Rainha de Sabá preparou um relatório de perguntas das quais ela mesma julgava sem solução, preparou uma comitiva e foi ter com o rei Salomão a fim de provar a muitos e a si mesma de que tamanha sabedoria era uma farsa.
No entanto, todas as questões por ela lançadas retornaram com solução.
Assim, pôde a rainha conhecer e reconhecer a sabedoria do rei Salomão.

Talvez sua cabeça esteja dando um nó neste momento, e você esteja se perguntando “o que Salomão tem a ver com a tal cabine?”
Tudo.

A bíblia conta que em determinado momento da história Salomão, que conhecia muito bem a orientação do Senhor que dizia “Quando te incitar teu irmão, filho da tua mãe, ou teu filho, ou tua filha, ou a mulher do teu seio, ou teu amigo, que te é como a tua alma, dizendo-te em segredo: Vamos, e sirvamos a outros deuses que não conheceste, nem tu nem teus pais;Dentre os deuses dos povos que estão em redor de vós, perto ou longe de ti, desde uma extremidade da terra até à outra extremidade;Não consentirás com ele, nem o ouvirás; nem o teu olho o poupará, nem terás piedade dele, nem o esconderás;Mas certamente o matarás; a tua mão será a primeira contra ele, para o matar; e depois a mão de todo o povo. E o apedrejarás, até que morra, pois te procurou apartar do SENHOR teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão; ”Deuteronômio 13 v 6-10, deu ouvidos a algumas de suas concubinas que lhe incentivaram a adorar outros deuses.

Este momento poderia ser facilmente assemelhado com o apresentador do programa fazendo a seguinte pergunta

“Salomão, você aceita trocar toda a sabedoria que o Senhor Deus a ti concedeu, mais toda a riqueza que possui, juntamente com seu prestígio, fama de ser um rei justo e toda a prosperidade concedida ao teu reinado pela adoração a deuses falsos que não tem poder para mover se quer uma palha em teu favor?”

E a resposta de Salomão foi “Sim”

“Salomão, tem certeza que deseja trocar toda a fidelidade de Deus para com a sua vida pela desobediência aos ensinamentos deste Deus que tanto te abençoou?”

E Salomão escolhe o “Sim”

Deus está na platéia dizendo “Não Salomão, escolha o não”
Todos os que admiram o rei gritam “Não!”

Será que Salomão não escutou? Será que ele não consegue ver as conseqüências da troca?.
Salomão conhecia bem os ensinamentos, conceitos e orientações de Deus.

Sabia a importância de guardar os mandamentos do Senhor.
“Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e esconderes contigo os meus mandamentos,para fazeres o teu ouvido atento à sabedoria; e inclinares o teu coração ao entendimento; Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz, se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares, então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus.” Provérbios 2 v1-5
Mesmo assim optou por abrir mão das bênçãos de Onipotente Deus, pela adoração a deuses impotentes. ( 1 Reis 11 v 4 – 8)

Salomão foi apenas um dos personagens que já entraram na cabine das escolhas e saíram de lá prejudicados.
Davi, o homem segundo o coração de Deus entrou na cabine e escolheu o pecado ao invés da direção que o Senhor havia lhe dado. Davi desceu do trono.
Judas escolheu a traição à fidelidade a Cristo. Escolheu a morte.
Sansão escolheu dar ouvidos a Dalila e entregar a ela o segredo que pertencia a ele e a Deus. Sansão escolheu a fraqueza, e acabou como atração de circo.

O fato é que, sejam suas escolhas boas ou ruins, certas ou erradas, as conseqüências sempre vêm.

O capítulos 28 de Deuteronômio retrata bem esta realidade. Este é compostos de sentenças dadas por Deus a Israel.
“E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra ...” Deuteronômio 28 v1

“Bendito serás na cidade, e bendito serás no campo.” Deuteronômio 28 v3

“O SENHOR entregará, feridos diante de ti, os teus inimigos, que se levantarem contra ti; por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos fugirão da tua presença.” Deuteronômio 28 v7

“Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do SENHOR teu Deus, para não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão:” Deuteronômio 28 v15

“Maldito serás tu na cidade, e maldito serás no campo.” Deuteronômio 28 v16

“O SENHOR mandará sobre ti a maldição; a confusão e a derrota em tudo em que puseres a mão para fazer; até que sejas destruído, e até que repentinamente pereças, por causa da maldade das tuas obras, pelas quais me deixaste.” Deuteronômio 28 v21

Adivinhe qual foi a escolha feita por Israel.
A adoração a outros deuses. Adoração a deuses feitos por mãos.
A conseqüência veio. Israel sofreu por escolhas erradas.

Israel sofreu por escolhas erradas.
Salomão sofreu por escolhas erradas.
...
Eu já sofri por escolhas erradas, e talvez você também tenha sofrido, ou esteja sofrendo por elas.

Se este é o seu caso, tenho pra ti uma boa notícia.
Muito antes de qualquer escolha catastrófica que possamos ter feito, a bíblia nos conta que Deus nos escolheu para sermos dEle.

“Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.” João 15 v16

“Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.” Isaías 43 v10

“E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são;” I Corintios 1 v28

“Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor” Efésios 1 v4

Porque o SENHOR teu Deus o escolheu de todas as tuas tribos, para que assista e sirva no nome do SENHOR, ele e seus filhos, todos os dias” Deuteronômio 18 v5

“Tu a quem tomei desde os fins da terra, e te chamei dentre os seus mais excelentes, e te disse: Tu és o meu servo, a ti escolhi e nunca te rejeitei.” Isaías 41 v9

Nos escolheu para vivenciarmos uma vida completa.
Vida sem repreensões, sem duvidas, sem receios medos ou angustias.

Te escolheu para chamá-lo de filho, e como um bom pai te orientar e encaminhar para as escolhas corretas. Aquelas que te darão o direito de receber como prêmio maior a coroa da vida.

Um dia, Ele mesmo se fez carne, habitou entre os homens, foi tentado a optar entre as falsas recompensas do diabo e a recompensa de seguir com retidão aos preceitos de sua palavra.

Tentado a escolher a fuga, o leve e o fácil. Mas escolheu a cruz, o pesado , a morte.
Escolheu o fardo pesado para que você pudesse ter o seu alíviado.
“Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” Mateus 11 v30
A morte para que você pudesse escolher a vida.

Agora quem está sentado na cabine é você.
Não há mais tampões no ouvido, não há mais vendas nos olhos.
O vidro que antes escondia as ofertas agora está transparente.

O apresentador faz a proposta:

“Você deseja trocar seus medos, receios, prejuízos, fardos, frustrações, cadeias, angustias e traumas pela liberdade e salvação que Cristo te oferece?”

Deus aguarda por sua resposta.

“Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência” Deuteronômio 30 v19

Att.

Naiadi Balmant

Um comentário:

Antonio Batalha disse...

Seu blog é uma bênção, li algumas coisas, e dou graças pela Graça derramada sobre si, que a cada dia continue a ser esta bênção.Aquilo que escreve seja como pão para o faminto, e água para o cansado.E que cada irmão ao ler suas mensagens seja edificado, exortado no amor derramado no seu coração, a sua alegria, paz e graça, cresçam de maneira a transbordar seu cálice, e atingir os corações.Aproveito a fazer-lhe um convite: Gostaria que fizesse parte dos meus amigos virtuais em meu blog A Verdade Que Liberta. Deixo as minhas cordiais saudações em Cristo Jesus.